Os 5 erros mais comuns ao usar o pó bronzeador

1. Escolher uma tonalidade muito escura
O ideal é que você opte por um bronzer até dois tons mais escuros que a sua pele, no máximo. Tome cuidado com as nuances alaranjadas, principalmente se você for branquinha. A chance do look pesar é grande. Aplique o produto aos poucos e vá comparando a cor do rosto e do colo. Se a diferença for muito grande, fica artificial.
 
 
2. Usar o pincel errado
Os modelos pequenos e com cerdas mais firmes tendem a manchar o rosto. Escolha um pincel de blush ou de pó que seja grande, farto e fofinho. A ideia, aqui, é esfumar bastante o produto para criar um efeito bem natural. Na dúvida, aposte nos chanfrados. Eles facilitam a vida!
 
3. Espalhar o bronzant no rosto inteiro
Os looks feitos por experts ficam tão incríveis, porque eles aplicam o pó bronzeador em pontos estratégicos. Anote aí! As áreas principais são as têmporas, as maçãs do rosto, as laterais da testa (próximo ao cabelo), as laterais do nariz e o contorno do maxilar, descendo para o pescoço. Sucesso garantido ou sua palidez de volta! Hahahaha. 
 
 
4. Exagerar no brilho
Evite utilizar o pó bronzant com brilho (existem vários no mercado) para marcar os contornos do rosto, como ensinamos no item 3. Você pode ficar com aspecto de quem acabou de cair de cara num pote de glitter. Socooooorro! Aplique bronzeadores brilhosos apenas nas bochechas, tipo um blush. Se rolar aquela insegurança, deixe para usar só à noite, ok? 
 
 
5. Passar apenas o pó bronzeador
Para conseguir uma tonalidade perfeita, você deve passar o bronzant por cima da sua base de sempre (aquela que tem o mesmo tom do seu rosto). Em geral, o pó não espalha com perfeição em uma pele que não tenha sido preparada.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário